Arquivos

Novembro 2012

Dezembro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Março 2007

Twitter Feed


follow davidfonseca at http://twitter.com
Terça-feira, 19 de Agosto de 2008

"...and you can make it last, forever you"

 

Depois de um concerto muito especial com o Camané e Mário Laginha (onde acabei por dar voz a alguns dos meus temas preferidos de sempre), regressei à minha estrada pessoal para mais duas surpresas desta digressão: Batalha e Malveira.

 

 

A todos os que lá estiveram, um grande obrigado por tamanha manifestação e festa. Quando a electricidade fez das suas e desligou todo o equipamento durante um tema no 2º encore, o público da Malveira cantou por nós e fez-se ouvir de forma incrível. É por coisas destas que vale sempre a pena!

 

Chegado a casa, tento pôr o sono em dia e recuperar as energias dispersas por esse país fora. Sento-me e vagueio pelos canais de televisão, leio jornais de há 3 dias atrás, faço planos para os dias futuros e olho para o ecrã deste computador. Penso no que fez começar tudo isto, nas canções, nos primeiros acordes de cada ideia, nas palavras que surgiram no isolamento da minha sala. É incrível como tudo isto passa de um extremo para outro, da descoberta pessoal para a festa suprema, noite após noite.

 

A próxima etapa está mesmo aqui: Vila Nova de Cerveira (19 AGO), Esposende (21 AGO) e Penafiel (22 AGO), quem segue este comboio?

 

 

Entretanto, a televisão continua ligada na MTV2 e passa esta canção. Sou catapultado para o passado a uma velocidade vertiginosa, a sensação de outros verões muito mais quentes que este, a repetição absurda de todo este disco a toda a hora e em todo o lugar. Uma das canções mais bonitas de sempre num álbum que marcou tantas gerações.

 

"...and you can make it last, forever you"

 

E volta tudo outra vez durante estes 4:09 minutos, como se a canção conseguisse guardar uma coisa que já fugiu há muito. E agora vou procurar o disco em questão e dar uma volta ao quarteirão do passado.

davidfonseca às 02:31
link
44 comentários:
De José Goulão a 30 de Dezembro de 2008 às 01:31
Este disco marcou mesmo muita gente. Recebi-o no Natal de 95 do meu irmão mais velho e foi companhia constante e forma de contacto com outros fãs dos SP nos EUA, onde passei todo o ano seguinte. Por serem edições diferentes, fiz negócios engraçados com a discografia existente até então. O culto do coleccionador, da edição especial, que nós cá não temos muito, lá é levada ao extremo. Por outro lado, foi muito estranho ver um pavilhão com 30,000 pessoas num concerto em Phoenix absolutamente fenomenal começar a ficar vazio à medida que o concerto ia avançando noite dentro. Acho que o "feeling" num concerto em Portugal não tem mesmo nada a ver com o que se vê por lá, seja num coliseu apinhado ou nas Festas de Avis (sim, também lá estive ;)).

Um abraço
De Marta a 14 de Novembro de 2008 às 01:30
Música linda mesmo! :D Nam consigo dexar de a ouvir lol
Obrigada pela recomendação! Fico à espera de mais :) ****
De Mirom a 28 de Outubro de 2008 às 18:19
As fotos do Paulo Martins estão geniais!!!! Então a de contraluz!!!! e claro, gosto muito da tua música, David. Tu tb tens fotos e vídeos espectaculares. Este blo está mto bem feito. Parabéns.
De Neil a 4 de Setembro de 2008 às 11:46
como sempre, grande concerto!
sois uma banda por demais, caramba. viva a força da união!
um forte abraço
De fechada em copas / aberta em espadas a 2 de Setembro de 2008 às 23:15
22 versos fiz
e nenhum guardei
as cores eram de uma matiz
que nunca esquecerei

*

i have always dreamed in colours!
De Virgínia a 1 de Setembro de 2008 às 01:11
Também lá estive, nesse concerto especial com Mário Laginha e Camané do ensaio ao fim. Eram proibidas fotos e filmagens e eu na minha grande ingenuidade acreditei que seria a única a fazê-lo, muito secretamente, para que os artistas saíssem ilesos... Afinal, os artistas não se importam!.. e o meu que é muito melhor que estes continua meu, só meu, secretamente, sem ninguém saber.
De fechada em copas / aberta em espadas a 31 de Agosto de 2008 às 00:23
we can make it last forever
if the whole of us is there
soul in two eyes together
in infinity everywhere

whatever...
De Web Milionário a 29 de Agosto de 2008 às 18:00
Smashing Pumpkins 4 ever!

Excelente escolha, subiste uns pontos :D
De wefwa a 29 de Agosto de 2008 às 16:15
Grande música, conhecidos do outro lado do oceano. Forca nisso
De Anália a 25 de Agosto de 2008 às 12:00
Como GRANDE fã dos smashing pumpkins que sou, acho que fizeste muito bem em procurar o disco :P
Aproveita e recorda os outros todos também ;)

Até Corroios!

Comentar post