Arquivos

Novembro 2012

Dezembro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Março 2007

Twitter Feed


follow davidfonseca at http://twitter.com
Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009

10 Before 2010

Tenho fobia a listas de melhores e piores, mas esta altura é dada a balanços e, sem qualquer ordem ou ideia de pódio, aqui ficam 10 canções que abanaram a minha estrutura interior em 2009. Há muitas mais de onde estas vieram, mas dez parece-me um número razoável para fazer brilharete ao lado do novo ano.

 

Bill Calahan, “Too Many Birds” - por mais que a ouça, parece-me nova e luminosa a cada audição. E devem ter sido umas centenas de vezes, mas estou certo que hão-de chegar às milhares lá para 2012.

 

 

Fanfarlo, “I’m a Pilot” – a canção que abre um dos meus discos preferidos para caminhar de headphones em qualquer lado do mundo.

 

 

Bat For Lashes, “Daniel” - “when I first saw you I knew that you had a flame in your heart”, e fiquei hipnotizado. Ouvi mais vezes esta versão remisturada do que a original, manias do vinil.

 

 

Wilco, “Everlasting Everything” – uma das mais perfeitas canções do ano com um desvario de guitarra nos segundos finais que fez mais estragos que qualquer feeling dos Black Eyed Peas.

 

 

The Dodos, “Fables” - porque é literalmente irresistível.

 

 

Lavender Diamond, “You Broke My Heart” – primeiro horrorizou-me, depois estranhou-se e depois...bem, depois ficou a tocar ad eternum.

 

 

M. Ashraf feat. Ahmed Rushdi, “Dama Dam Mast Qalandar” – inserido na maravilhosa colectânea “The Sound of Wonder”, uma explosão de pop paquistanês. Não me convidem para festas que não tenham este disco porque eu não vou.

 

 

M Ward feat Lucinda Williams, “Oh Lonesome Me” – na madrugada depois da festa onde a música anterior passou, a flutuar pelos quartos da casa.

 

 

Girls, “Lust For Life” – e não, não é uma versão do Iggy, é só uma das mais frescas canções dos últimos anos, da garagem para o mundo.

 

 

We Are Terrorists, “Ground Zero” – se há canção que me tire do sério, esta é uma delas. Para rebentar colunas e tremer ossos em qualquer altura da próxima década.

 

 

E nenhuma lista estaria completa sem mais esta canção, um extra. Neste ano, nos passados e nos futuros, porque a Nina é eterna.

 

 

Um grande 2010 para todos vocês!

davidfonseca às 03:57
link
Domingo, 20 de Dezembro de 2009

A Christmas Postcard

 

Feliz Natal e um grande ano de 2010 para todos vocês!

davidfonseca às 19:03
link